domingo, 9 de setembro de 2012

O que quero de você


Disse que ia parar e
Me controlar
Como pôde voltar
Sem nem dizer o por quê?

Certo ou errado, não sei
Sei que não é pra mim
E não adianta dizer
O que muitas ouvem de você.

Tão longe de acontecer e
Eu nem sei o que quero de você
O quanto me quer bem?
E eu te digo
Vem.

Nenhum comentário: