domingo, 23 de outubro de 2011

Improvável

Eu tento fugir, mas toda vez que fecho os olhos

É você que aparece.

Eu tento não me apegar,

Mas como negar um beijo seu?

Conheço o seu tipo

Que não quer se envolver.

Chega até a mim

E eu tento não me envolver.

E quando penso que já te esqueci,

Que já me decidi,

Você surge nos lugares mais improváveis.

Nenhum comentário: